Hoje é sexta-feira
24 de janeiro de 2020

 

Selecionando um Termopar

Guia de Seleção Tipo de Termopar

Tipo T

  1. Nenhum fio magnético – Positivo é azul, negativo é vermelho.
  2. Quando utilizado no ar: resistente à umidade e muito estável
  3. É possível usar em temperatura mais elevada quando em vácuo, ou na redução ou em atmosferas inertes.
  4. Apropriado para utilização de -200 ° C (370 º F) a 370 ° C (700 º F).

Tipo J

  1. Apropriada para uso em vácuo, ar, redução, ou atmosferas oxidantes a 760 º C (1400 ° F)
  2. A vida útil para fio fino é limitada devido à oxidação rápida do condutor de ferro a temperaturas acima de 540 º C (1000 ° F).
  3. Evitar o uso em atmosferas sulfurosas acima de 540 º C (1000 ° F).
  4. Uso limitado no subzero devido à oxidação e fragilização do condutor de ferro.
  5. Condutor de ferro é magnético: positivo (branco); negativa é não-magnético (vermelho).

 

E-Type

  1. Nenhum fio é magnético: fio negativo é o vermelho, positivo é roxo.
  2. Recomendado para o uso a 900 º C (1600 º F) em atmosferas inertes ou oxidantes.
  3. Apropriado para a temperatura baixa cerca de -230 º C (-380 ° F).
  4. Tem a maior saída de f.e.m. de qualquer outro tipo padronizado.
  5. Vulnerável ao ataque de enxofre.
  6. Melhor desempenho em atmosferas oxidantes limpas.
  7. Não recomendado para uso (exceto em curtos períodos): sob condições oxidantes, quando submetido a ciclos alternados de oxidação e redução e em vácuo.

 

Tipo K

  1. Fio positivo é não-magnético (Amarelo), fio negativa é magnético (vermelho).
  2. Para o trabalho em alta temperatura.
  3. Apropriada para utilização em oxidação ou atmosferas inertes, à temperaturas até 1260 ° C (2300 ° F).
  4. Vulnerável ao ataque de enxofre.
  5. Melhor desempenho em atmosferas oxidantes limpas.
  6. Não recomendado para uso sob condições de oxidação parcial em vácuo, ou quando submetido a ciclos alternados de oxidação e redução.

 

 

Aterrado vs não aterrado

Uma junção de terra coloca a junção em íntimo contato com o metal que o rodeia. Isto permite um tempo de resposta mais rápida. No entanto, uma ponta à terra é susceptível a forças eletromotrizes do ambiente, que poderia causar erros potenciais na medição. Usamos uma junção não aterrada quando é desejável o isolamento do sensor e quando não tem problema no tempo de resposta.

Todos os direitos reservados a Fensys Sensor Technology Ltda.
Desenvolvido por VGT Tecnologia divisão VGSites.